Salmo 41 – Estudo sobre o cuidado de Deus com os pobres

484

Neste artigo faremos um estudo sobre o Salmo 41. Também conhecido como “Salmo de Davi” esse Salmo é dedicado ao “cantor-mor”. Ele é, em sua maior parte, um salmo de lamentação, mas, na verdade, trata de uma variedade de assuntos como o valor da caridade, a compaixão pelos necessitados, a penitência pelo pecado, a opressão dos inimigos, a traição dos amigos e a oração por cura.

O Salmo 41 também expressa o cuidado especial de Deus com os fracos e indefesos e como Ele abençoa àqueles que demonstram compaixão pelos necessitados.

Comentário sobre os Versículos 1 a 3 do Salmo 41

Bem aventurado é aquele que atende ao pobre

Esses versículos explanam o princípio: “Bem aventurados os misericordiosos, porque eles alcançaram misericórdia” (Mt. 5.7). Se tivemos compaixão de Deus pelos necessitados, poderemos orar com confiança para Deus nos livrar nas dificuldades (v. 1), guarda-nos do mal (v. 2), abençoar nossas vidas (v. 2), aniquilar o poder de Satanás e dos nossos inimigos (V. 2), e nos dispensar sua presença e cura quando estivermos enfermos.

Estes versículos também descrevem a bem-aventurança daqueles que têm compaixão e cuidado pelo pobre. Davi provavelmente estava fazendo uma reflexão sobre a sua própria atitude em relação àqueles que estavam precisando de ajuda. As recompensas de Deus para quem demonstra amor aos necessitados são: Libertação, preservação, bênção e renovo.

Comentário sobre os Versículos 4 a 9 do Salmo 41

Há duas partes nessa seção, em que cada uma delas contrasta o tratamento que o salmista recebeu em sua hora de necessidade com o tratamento que ele deu aos outros. Os versículos 4 a 6 descrevem um tempo de doença, oração pela cura e confissão do pecado.

Davi revela que seus inimigos se alegravam com a sua enfermidade e aguardavam, com expectativa, a sua morte. Mesmo aqueles que vieram vê-lo, fingindo estar preocupados, dizem coisas vãs, como falsidades e hipocritamente desejavam sua recuperação.

A segunda parte mostra uma narrativa de traição. Esse versículos mostram que começou contra Davi uma “campanha de cochichos”. Alguns “amigos” de Davi imaginavam o mal dizendo que uma doença o pegou, por isso estava deitado e não levantaria mais. Outros “amigos” íntimos de Davi que comiam do seu pão, levantaram-se também contra ele.

Comentário sobre os Versículos 10 ao 13 do Salmo 41

O clamor e a confiança de Davi em Deus

Encontramos uma oração e uma expressão de fé no final desse Salmo. O salmista ora por cura e expressa de forma incomum o desejo de castigo aos malfeitores.

COMPARTILHAR
Deixe seu comentário